Google+ Followers

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Aula de Arte

Os alunos da 2ª série - EJA participaram da uma atividade sobre MATERIALIDADE.
A principio a professora distribuiu um texto sobre o assunto a ser estudado , explicando o sentido da MATERIALIDADE em Arte. Depois foi visto alguns slides  com vários modelos nos quais os alunos se inspiraram para fazer suas próprias obras.
O resultado do trabalho foi surpreendente, pudemos despertar alguns talentos para Arte. Os alunos se empolgaram e os trabalhos ficaram maravilhosos, com bastante diversidade.
Foram utilizados diversos tipos de materiais como: madeira, lacre de latas, latas, EVA, macarrão de formas variadas, diversos tipos de sementes, milho, fubá, arroz, feijão, farinha, pó de café, casca de laranjas, casca de lápis, algodão, cone de papel higiênico, etc.

Professora Valéria Sangaletti
























quinta-feira, 7 de novembro de 2013

PROJETO: Jovem Repórter

Realizado para o curso e-Proinfo  
(Os vídeos serão postados em breve)

Professores: Vanda Martins  - Renato Prates Xavier  - Patrícia Alessandra Mangili
Clientela: alunos do 2º ano do Ensino Médio da E. E. Antonio Ferraz
Habilidades
*Desenvolver o interesse pela pesquisa e informação por meios das novas tecnologias;
* Despertar a prática do protagonismo juvenil por meio de iniciativas que desenvolvam a consciência sobre temas polêmicos;
* Aprimorar a leitura, a escrita e a oralidade;
* Desenvolver a capacidade de trabalhar em grupo.
Duração: 12 aulas
Disciplinas envolvidas: Língua Portuguesa, Biologia e História.
Desenvolvimento
1ª aula: Discussão com os alunos sobre alguns temas polêmicos da sociedade;
2ª aula: Análise de reportagens escritas nas aulas de Língua Portuguesa- discussão do gênero;
3ª aula: Leitura nas aulas de História sobre violência na escola;
4ª aula: Leitura nas aulas de Biologia sobre álcool no corpo;
5ª aula: Leitura sobre os problemas da gravidez na adolescência nas aulas de Biologia;
6ª aula: Análise de vídeos- reportagem nas aulas de Língua Portuguesa;
7ª aula: Montagem dos grupos, divisão de tarefas para a montagem de reportagens e planejamento de entrevistas;
8ª aula: Filmagem de entrevistas sobre os temas escolhidos com alunos;
9ª aula: Filmagem de entrevistas com professores e funcionários;
10ª aula: Uma aluna apresentou o Movie Maker aos demais alunos que não sabiam utilizar;
Em seguida, os alunos reuniram-se em casa, fizeram pesquisas e montaram os vídeos.
11ª e 12ª aulas: Apresentação dos vídeos para avaliação.

Avaliação: Os alunos foram avaliados nas três disciplinas durante todo o projeto: na leitura dos textos, na organização dos grupos, nas pesquisas e, finalmente, na apresentação dos vídeos.


Curso de LIBRAS Online da EVESP

O curso foi desenvolvido pelo Núcleo de Apoio Pedagógico Especializado (CAPE), da Secretaria de Estado da Educação, em ambiente virtual de aprendizagem (AVA), que foi customizado de forma muito lúdica e atrativa, utilizando avatares em 3D (capazes de reproduzir os sinais), janelas de LIBRAS, games e diversos vídeos.
O material conta com a participação de professores interlocutores e alunos da rede, surdos e ouvintes, que são "atores de uma novela", com situações cotidianas (na escola, no shopping, no relacionamento com a família, entre outros. O objetivo da iniciativa é proporcionar um conteúdo de aprendizagem virtual, que poderá ser acessado de qualquer computador por portadores de deficiência auditiva.


A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo espera capacitar alunos do Ensino Fundamental e Médio através do curso de libras pela internet. O curso online de libras oferece os conhecimentos essenciais da Língua Brasileira de Sinais. 
O objetivo é facilitar a comunicação do aluno surdo e inseri-lo em situações dialógicas.




quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Projeto Profissões

Com o objetivo de conhecer as Universidades e ETCs da região, a professora coordenadora pedagógica, Cláudia R. Cippola proporcionou aos alunos do Ensino Médio, visitas a estas unidades para que os alunos tivessem uma melhor decisão em suas escolhas para o vestibular.


Projeto Lugares de Aprender

Visita ao SESC - Piracicaba - Exposição Rua do Porto

Premiados no Curso Prepara - Melhor Redação







CONCURSO A BOLA DA FAMÍLIA




E.E. ANTONIO FERRAZ - 
VENCEDORA DO CONCURSO "A BOLA DA FAMÍLIA"

REGULAMENTO DO CONCURSO A BOLA DA FAMÍLIA
         I.          Da Organização
O Concurso “A Bola da Família” integra o projeto “Família em Campo”, uma parceria entre o Comitê Paulista da Copa do Mundo 2014 e a Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Regional, com o Programa Escola da Familia/Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

       II.          Da inscrição

1.     A inscrição, que poderá ser de uma pessoa ou da equipe, com até três integrantes,  implicará conhecimento e a tácita aceitação das condições do concurso, tais como se acham definidas neste regulamento, bem como as normas deste, acerca das quais não poderá alegar desconhecimento.
2.     Itens obrigatórios que devem ser atendidos na  inscrição a ser  realizada nas coordenações locais: endereço; telefone, e-mail e Diretoria de Ensino a que pertence.
3.     Para participar do concurso,  o aluno ou equipe  deverá:
3.1.                        Inscrever-se de  28/09/2013 a 06/10/2013, nas Coordenações Locais.
3.2.                        Realizada a inscrição, o interessado deverá criar um conceito artístico que, após seleção pela comissão julgadora da escola, será reproduzido em uma bola de futebol. O conceito será sobre os seguintes temas:
3.2.1.      FUTEBOL
3.2.2.      TORCIDA BRASILEIRA
3.2.3.      FORTE CARACTÉRISTICA OU ÍCONE DA CIDADE ( OU REGIÃO) DA ESCOLA PARTICIPANTE.

3.3.                        Na apresentação do conceito artístico, o candidato deverá apresentar:
– breve descritivo da proposta;
– material a ser utilizado. 

Os 91 conceitos das respectivas Diretorias de Ensino deverão ser encaminhados à Coordenação Geral, para que a proposta descrita na ficha, juntamente com a arte elaborada na bola, sejam analisadas.
Para isso, cada Diretoria encaminhará 2 fotos, de ângulos diferentes, da bola que a representa.

    III.           Do concurso
1-    Será realizado em três etapas:
a-  local;
b- regional;
c- estadual.
2-    Local: será realizada nas escolas onde há o Programa Escola da Família. O vencedor ganhará o direito de reproduzir o conceito artístico em uma bola de futebol e será classificado para etapa regional.
3-    A etapa regional será realizada nas Diretorias de Ensino, que elegerá apenas um vencedor e esse será classificado para a etapa estadual.
4-    A etapa estadual será realizada em São Paulo – Capital.


    IV.          Do julgamento

1.     Será criada comissão julgadora para escolha dos finalistas do concurso, com membros da Coordenação Geral e do Comitê Paulista.
2.     A comissão observará os seguintes aspectos:
– conceito artístico;
– criatividade.

V. De acordo com os critérios de julgamento definidos, serão escolhidos:
1.     Campeões do Estado (primeiro, segundo e terceiro lugar)

VI - Da premiação
– 15 finalistas: visita ao Museu do Futebol e à Arena de São Paulo (Itaquera);
– 3°colocado:  Bola de Bronze
Bola Oficial, visita ao Centro de Treinamento do time paulista do coração e Kit Comitê Paulista.
2°colocado: Bola de Prata
Bola Oficial, visita ao Centro de Treinamento do time paulista do coração, assistir a um jogo do time do coração e Kit Comitê Paulista.
– 1° colocado:  Bola de Ouro
Bola oficial, visita ao Centro de Treinamento do time do coração, assistir a um jogo do time paulista do coração,  evento de transmissão dos jogos do Brasil na Escola e Kit Comitê Paulista.

Feira de Profissões

Os alunos da 8ª série B pesquisaram diversas profissões e elaboraram cartazes para a apresentá-los.
Em seguida, os alunos do Ensino Médio foram chamados para que pudessem conhecer e aprender sobre as profissões apresentadas.
Dessa forma, o objetivo do trabalho foi alcançado, pois desejávamos expor, pesquisar e desenvolver a apresentação oral dos alunos.
                                                                                  
                                                      Profª Patrícia A. Mangili