Google+ Followers

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Leitura sobre Rodas



JUSTIFICATIVAS


Descrever o que motivou a elaborar o projeto.


Embora os índices da EE Antonio Ferraz no SARESP tenham sido bons, entre as 5% melhores escolas do Estado nessa avaliação, nossos alunos têm pouco contato com a leitura em seu ambiente familiar. Por isso, a escola tem mobilizado todos os esforços para torná-los leitores e aproveitado todos os espaços e tempos para isso.

Além disso, parte de nossos alunos residem na zona rural e esperam o transporte escolar após o término das alunas, ficando um período ocioso, no pátio escolar ou em uma praça próxima à unidade escolar.

Ante o exposto, decidimos aproveitar esse tempo/espaço para o desenvolvimento de um trabalho motivador, visando despertar o hábito e gosto pela leitura e, assim, contribuir para o aprimoramento de habilidades de compreensão, condição indispensável ao entendimento de todas as áreas do conhecimento, o Projeto " Leitura sobre rodas"


OBJETIVOS


Relacionar concretamente o que se pretende atingir com vistas à justificativa proposta.

- Construir e aplicar conhecimentos para a compreeensão de fenômenos naturais, procesos históricos e sociais, manifestações artísticas e culturais;

- Relacionar e interpretar situações representadas de diferentes maneiras;

- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos na escola e às leituras realizadas para compreender a realidade e intervir nesta, elaborando propostas de intervenção solidária, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade cultural;

- Utilizar inferências e situações do cotidiano para compreender a leitura realizada;

- Promover a leitura, motivando o aluno ao hábito de leitura diário e intensificando o prazer de ler;

- Formar leitores apreciadores e críticos;

- Estimular a socialização e o envolvimento da comunidade em atividades de leitura.


METAS


- Motivar 100% dos alunos da zona rural, envolvidos no projeto, a ler e socializar o que leu;

- Aumento em 10% os índices nas avaliações externas, SARESP, ENEM.

- Aumentar a competência e escritora dos alunos da zona rural, que esperam o transporte escolar, envolvidos no projeto;- Diminuir em sua totalidade os problemas ocasionados pela ociosidade dos alunos enquanto esperam o transporte para a zona rural


Metas Obrigatórias


PROCEDIMENTOS

Descrever como vai executar o projeto.

1ª ETAPA

- Construir um carrinho com uma caixa de madeira e rodas de bicicleta;

- Elaborar um painel expositor de obras;-Organizar os livros no carrinho;

- Estabelecer o responsável pelo carrinho nos horários previstos ( alunos do Grêmio Estudantil);

- Divulgar o projeto dentro da escola e na comunidade;

- Disponibilizar livros de contos, poesias, crônicas, fábulas, romances, jornais, revistas, gibis.

- Envolver os alunos na leitura.

2ª ETAPA

- Disponibilizar o carrinho com as obras citadas no pátio em frente à escola , para aceso aos alunos da escola rural, demais alunos e comunidade local.

3 ª ETAPA

- Circular o carrinho pelo ambiente interno da escola, inclusive em sala de aula.

4ª ETAPA

- Propor saraus, debates de temas atuais, dramatizações com a participação de alunos, pais e comunidade em geral, no ambiente escolar e na praça em frente à escola.

AVALIAÇÃO:

Será contínua e formativa, a do interesse e da participação dos alunos nos relatos orais, nas indicações no painel da biblioteca e pelo nº de livros e revistas lidos, anotados na prancheta do carrinho.

Procedimentos Metodológicos Obrigatórios

AÇÕES

- Construir o carinho;

- Equipá-lo com livros e revistas diverificados;

- Determinar os responsáveis;

- Divulgar o projeto na escola e na comunidade local;

- Circular com o carrinho pelos ambientes da escola;

- Disponibilizar prancheta para anotação dos livros lidos;

- Disponibilizar espaço na Sala de Leitura (biblioteca) para indicação de livros lidos a outros alunos;

- Abrir espaço em sala de aula para a socialização dos livros lidos aos colegas de classe;

- Expandir o projeto à comunidade, por meio de apresentações teatrais e saraus literários na praça próxima à escola e em entidades ou instituições locais.

Um comentário:

Maria José Polli Ferreira disse...

Parabenizo a escola - equipe gestora, docentes, discentes e funcionários - pela elaboração e implementação deste projeto, que se constitui em mais uma ação da escola de abrir horizontes aos seus alunos colocando-lhes nas mãos os livros.
" Os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros mudam as pessoas." Mário Quintana

Um abraço a todos.

Maria José Polli Ferreira
Supervisora de Ensino