Google+ Followers

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Dia da Consciencia Negra na E.E. Antonio Ferraz

















Professor João Paulo trabalha com seus alunos o Dia da Consciência Negra - FILOSOFIA

História do Dia Nacional da Consciência NegraEsta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também um forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.
Importância da DataA criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira.
A abolição da escravatura, de forma oficial, só veio em 1888. Porém, os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão.
Vale dizer também que sempre ocorreu uma valorização dos personagens históricos de cor branca. Como se a história do Brasil tivesse sido construída somente pelos europeus e seus descendentes. Imperadores, navegadores, bandeirantes, líderes militares entre outros foram sempre considerados hérois nacionais. Agora temos a valorização de um líder negro em nossa história e, esperamos, que em breve outros personagens históricos de origem africana sejam valorizados por nosso povo e por nossa história. Passos importantes estão sendo tomados neste sentido, pois nas escolas brasileiras já é obrigatória a inclusão de disciplinas e conteúdos que visam estudar a história da África e a cultura afro-brasileira.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Eureka!!!

Aula de Leitura & Produção de Texto - 7ª série A
Professora Nilcelene Girotti



SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 4 - MÚSICA
















PROFESSOR ANDRÉ - 8ª Série A

Na trilha do som
A música no cinema
Pesquisa http://www.amanitadesign.com/ - navegando pelo site para ver e ouvir os trabalhos deste grupo

AÇÃO EXPRESSIVA
- CONFECÇÃO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS E APMPLIAÇÃO DA TRILAHA SONORA

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Halloween - Dia das Bruxas

Nesta sexta-feira, 30/10, os alunos da E.E. Anonio Ferraz, empenharam-se para a realização de uma singela, porém bonita festa do HALLOWEEN na escola.

O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.






































História do Dia das Bruxas
A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).
Símbolos e Tradições
Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de guloseimas, balas, chocolates e doces.
Halloween no Brasil
No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.
Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado.Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci (comemorado também em 31 de outubro).

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

COSAN e EDITORA HORIZONTE promovem oficina sobre Rio Tietê

OFICINA DE FORMAÇÃO
"DA BACIA HIDROGRÁFICA À ABORDAGEM SOCIOAMBIENTAL"
Nesta quarta-feira, 28/10/09, na Usina da Barra, aconteceu uma oficina com o tema "Tietê, um Rio de várias faces", patrocinada pela Cosan e realizada pela Editora Horizonte. A formação, com 8 (oito) horas de duração e com enfoque no Rio Tietê, aspectos hídricos, culturais e geográficos, foi ministrada pela professora Júlia Pinheiro Andrade. Os professores coordenadores do Ensino Fundamental participaram efetivamente.










DINÂMICA DA TEIA
Método de concretizar a percepção sobre as relações ecológicas e ambientais em uma paisagem fluvial.
Esta atividade permitiu associar às imagens gráficas e conceituais levantadas anteriormente uma vivência corporal e simbólica. Permitu explicitar relações entre a rede ou em teia entre quaisquer objetos, evidenciando as realções ecológicas da paisagem com ênfase na importância dos cursos dágua



REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Representação gráfica - interação entre a luz do sol, as várias formas de água e a "glória da vida" pelos PCPEF FABIO FILIPI e ANA LUCIAFELIPE

professora Júlia Pinheiro Andrade

PCOP ANA HELENA, PCEF ANA LUCIA, PCEF MARY





RESUMO DAS ATIVIDADES PROPOSTAS

I- Mobilização dos saberes prévios e aquecimento para o tema: como nasce o rio? Como ensinar este tema?

II- O estudo socioambiental da água: fundamentação teórica da abordagem.

III- Planos de aula: leitura crítica e análise do conteúdo e dos procedimentos didáticos.

IV- Elaboração de planos de aula para uma aprendizagem significativa.